Dezembro 4, 2010 | Visitas: 2
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...
Carneiro no Buraco
Autor: 
 

Ingredientes
  • 25 Kg de carne de carneiro cortado em pedaços pequenos
  • 3 Kg de tomate
  • 2 Kg de cenoura
  • 3 Kg de cebola miúda
  • ½ Kg de pimentão
  • 3 Kg de batata doce
  • 1 Kg de vagem
  • 3 Kg de batata salsa
  • 1 Kg de maçã miúda
  • 2½ Kg de chuchu
  • 1 frasco de Ajinomoto
  • 2 Kg de abobrinha
  • ½ Kg de banana nanica (opcional)
  • 1 abacaxi em fatia (opcional)
  • Temperos para a carne:
  • sal
  • salsinha
  • cebolinha verde
  • alho
  • pimenta do reino
  • óleo de cozinha e vinaqre
  • vinho branco (opcional)
  • Acompanhamento
  • 3½ Kg de arroz
  • 10 maços de almeirão (ou outra salada verde)
  • pirão

Preparacao
  1. Deixe por 3 horas o carneiro no tempero. Coloque a carne do carneiro em um tacho de ferro de 30 polegadas, alternando com camadas de legumes e frutas. Em um buraco de 1,8 metros de profundidade, coloque para queimar 2 metros cúbicos de lenha. Depois de ter queimado a lenha por 4 horas, desça o tacho por meio de ganchos no buraco. Tampe o buraco com tábuas e vede-o compartimento com folhas de bananeira e terra, ou tampa própria.
  2. O carneiro estará pronto para ser servido 6 horas depois.
  3. Modo de Preparar o pirão: Tire o caldo do carneiro com alguns tomates e cebolas do cozido. Leve ao fogo e misture devagarinho 1 Kg ou mais de Farinha de mandioca torrada.
  4. Quando estiver quase pronto, acrescente cheiro verde e pimenta a gosto.
  5. O pirão leva cerca de 20 minutos para cozinhar.
  6. Nota: Tempo entre preparação e cozimento do Carneiro no Buraco: aproximadamente 12 horas. Prato típico de Campo Mourão.
  7. No ano de 1580, com a chegada dos Jesuítas, o intercâmbio de hábitos e costumes entre as diferentes ascendências foram assimiladas por índios e conquistadores.
  8. cozimento de diferentes tipos de carnes embrulhadas em folhas de bananeira, foi um dos costumes adoptados pelos castelhanos que, após fazer um buraco na terra, colocavam fogo no preparado, evitando com isto risco de incêndio nas matas e possibilitando a conservação das carnes por dois ou três dias.
  9. Na década dos anos sessenta, o Sr. Enio Camargo de Queiroz, juntamente com as famílias dos Senhores Joaquim Teodoro de Oliveira e Saul Ferreira Caldas, adaptaram os costumes indígenas sul-americanos aos costumes assistidos num filme texano, acreditando que um prato feito com carne de carneiro ficaria sumamente apetitoso.
  10. Após diversas tentativas com diferentes tipos de legumes; o Carneiro no Buraco foi se aprimorando até chegar aos dias de hoje.

© 2006-2017 Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Contacto: maisreceitas@gmail.com