Dezembro 1, 2009 | Visitas: 1
1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (Sem votos)
Loading...
Vinhos tintos
Autor: 
 

Preparacao
  1. Cabernet Franc
  2. Cor viva, brilhante, com aroma de framboesa, sabor de ervas. É a variedade mais citada nos rótulos brasileiros. Queijos meia-cura (minas meia-cura, camembert, brie, gouda e ementhal), massas leves de molho à base de tomate; carnes de boi em molho não muito pesado.
  3. Cabernet Sauvignon Cor densa, com aromas diversos, sobressaindo-se os de amora e violeta. Sabor intenso quando jovem, mas com muita acidez e tanino. Envelhecido, torna-se fino e agradável. Bom para guardar. Carnes (bovina e caprina), aves nobres, queijos de massa dura como parmesão, de cabra e minas curado.
  4. Merlot Cor escura, encorpada, com aroma rústico, lembrando especiarias. Sabor ao mesmo tempo seco e intenso. Envelhece bem. Massas, carnes escuras (caças), queijos picantes (boursin, roquefort, gorgonzola) e cozidos em geral.
  5. Gamay É a uva dos famosos vinhos Beaujolais. Cor clara, quase transparente, de aroma frutado, sabor refrescante. Deve ser bebido jovem, ligeiramente refrigerado. Alguns peixes (bacalhau, enguia), frango, vitela, coelho, porco e presunto.
  6. Pinot Noir Cor viva, aroma pronunciado e variado. Sabor redondo, agradável. Uva usada para grandes vinhos tintos, alguns rosados e também para o champanhe (só o sumo). Carnes de caça, carneiro, galinha-d’angola. Rosado, acompanha bem rosbife, galeto, queijos de massa fresca, frios em geral.
  7. Barbera Cor e aroma fortes, sabor um pouco áspero, sem muita definição. Massas, carnes cozidas (ensopados), cabrito.

© 2006-2017 Todos os direitos reservados. | Política de Privacidade | Contacto: maisreceitas@gmail.com